quinta-feira, 20 de maio de 2010

como uma fênix

                                                
e conforme os dias passam, sinto que há algo dentro de mim que me enlouquece.
é como se tudo o que eu fiz, cada bobagem dita, cada atitude feita por impulso não fizesse mais importância.
eu me encontro em um mar de dúvidas.
cada dia penso uma coisa diferente, estou mudando de idéia como eu troco de roupa.
logo eu que sempre fui tão decidida.
na verdade ainda sou.
de uma coisa eu tenho certeza: estou mais seletiva, mais objetiva, mais exigente, mais forte e mais louca também.
eu estou a beira de um precipício.
estou com uma força que não cabe em mim.
é como se eu pudesse carregar um elefante nas costas sem ter qualquer dificuldade.
é como se finalmente eu pudesse acreditar que a pessoa mais responsável pela minha felicidade sou eu mesma.
o amor próprio está me dominando de uma tal forma que eu não aceito mais migalhas de amor, de amizade.
e eu percebi que eu mereço muito, independente do que seja, eu mereço muito. 
e eu não me contento mais com migalhas e derivados de sentimentos.
eu quero o AMOR ao invés de simpatia.
quero o ÓDIO ao invés de apatia.
é a tal mudança avassaladora que se encontra em mim.

por : yasmin sales

4 comentários:

Larissa disse...

adorei o texto *-*
deixei um selinho pra você no meu blog ;*
http://sweet-space1.blogspot.com/2010/05/primeiro-selinho.html

Pedro disse...

Seu blog tá super show Mimy...
vc tem dom pra isso

e te dou a maior força...Te amo!
Pedro Henrique

Suca Trugilhe! disse...

Amiga amei teu texto, seu blog tá cada vez mais lindo! ;*

Marcela disse...

Olá,

Acho que não a coisa mais prazerosa e significativa ao encontrar - se consigo mesmo. E daí que florece todas as outras coisas...
Que bom que está encontrando está consciência. Que disse que não existe um bocadinho de beleza com os passares das idades?

se quiser e puder:

http://memoriaspsicodelicas.blogspot.com

quem sabe poderíamos trocar algumas figuras.

Um abraço